Alchemy = C/C++ com ActionScript 3.0

Alchemy ̩ um dos projetos da Adobe que mais me despertou espectativas, foi uma das grandes promessas apresentadas do Adobe MAX de 2008(juntamente com Adobe Flash Catalyst РAntigo Thermo). Em poucas palavras, voc̻ pode compilar seu codigo e C ou C++ resultando em um arquivo swc ou swf a ser executado a partir do Flash Player 10 e Adobe AIR 1.5.
Alchemy tem como objetivo trazer o poder e a performance dos aplicativos feitos em C/C++ para o ambiente Flash Platform, com o mínimo de degradação.
O Alchemy é destinado principalmente à utilização de bibliotecas C/C++ que tem pouca dependências do sistema operacional. Ideal para casos que precisam de uso intensivo como codec de áudio e vídeo, manipulação de dados, analisa de XML, criptografia ou simulação de física, o desempenho pode ser consideravelmente mais rápido do que o ActionScript 3.0 comum e entre 2 e 10x mais lento do que programas nativos em C/C++.
Nas demostrações do Adobe Max, uma em particular deixou a platéia espantada e despertando muito ceticismo, foi a demostração do jogo Quake feito em C/C++ convertido para Flash.
Acompanhe uma entrevista com Mike Welsh, que como “brincadeira”, portou o jogo Doom para o Flash.

Sobre o Alchemy
http://labs.adobe.com/wiki/index.php/Alchemy:Documentation:Getting_Started
http://labs.adobe.com/technologies/alchemy/

Doom em Flash
http://www.newgrounds.com/portal/view/470460
Entrevista com Mike Welsh
http://www.peterelst.com/blog/2008/12/18/porting-doom-to-flash-interview-with-mike-welsh/

Alchemy, C/C++, Flash, Flex

1 comment


  1. Obrigada pelas informações!

Leave a Reply